Bom Sucesso (Alto Risco) – Município em risco considerável de sofrer com surtos de doenças provocadas por esse mosquito (Aedes Aegypti)

Bom Sucesso Alto Risco

Janeiro 2020

LIRAa (Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa)

4.0% de Infestação

 

Por meio de um método que avalia a infestação do Aedes aegyptia Secretaria de Saúde de Bom Sucesso – MG encontrou focos do Aedes Aegypti em 6 bairros do município o que coloca todo município em risco considerável de sofrer com surtos de doenças provocadas por esse mosquito. Estamos falando de denguezikachikungunya e, eventualmente, a febre amarela.

O método adotado pela secretaria investiga a infestação desse inseto em todos os bairros, o que permite até analisar quais os principais criadouros.

Bairros onde encontramos o Aedes:

  • São Cristovão
  • São Judas Tadeu
  • Barreiro
  • Centro
  • Rosário
  • Palmeiras

 

Os criadouros onde encontramos o Aedes aegypti no Município.

De acordo com o Levantamento da Secretaria Municipal de Saúde de Bom Sucesso, o maior número de depósitos de água parada foi achado dentro dos domicílios. São pratinhos de vasos de plantas, frascos com água, garrafas, tambor e recipientes que serve de reservatórios de água de chuva e lixo. Recipientes plásticos, garrafas PET, latas, entulhos e afins que são jogados fora acabam virando destino das larvas do mosquito.

Todos os focos encontrados em nosso município foram dentro do perímetro das residências descaso dos moradores que estão criando o mosquito.

Com isso, contribuem para a disseminação de dengue, zika e chikungunya. Caso a febre amarela volte a ter um ciclo urbano de transmissão, ela pode se juntar a esse trio.

A Secretaria Municipal de Saúde de Bom Sucesso  vem alertar para um risco considerável de surto das doenças transmitidas pelo AEDES no município em 2020. Situações como essa deixa claro a nossa responsabilidade no dever de se empenhar para acabar com os criadouros do mosquito e se proteger e sua família.